Últimas notícias:Registros de candidaturas começam a ser julgados nesta quinta (17) , Gás de cozinha em Gonçalves Dias é o mais caro do estado do maranha

quinta-feira, 31 de julho de 2014

O fim de semana promete novidades para o cenário eleitoral do Maranhão


O fim de semana promete novidades para o cenário eleitoral do Maranhão. Duas pesquisas estão registradas e devem ser divulgadas sábado ou domingo. A primeira trata-se do levantamento encomendado por O Imparcial ao Instituto Econométrica. A segunda foi contratada pelo jornal Atos e Fatos ao Instituto Data M.

Registrado sob o número 29/2014, a amostra Econométrica estará apta para divulgação no sábado. Ela foi registrada tanto no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) quanto no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

Por lei, o Instituto tem até segunda-feira para assinalar os municípios e, por ventura, os bairros onde a amostra foi realizada. Mas, segundo a Econométrica, deverá acrescentar as informações com antecedência, registrando-as até sábado.

O meio político já está movimentado. A militância do PCdoB, partido do candidato Flávio Dino, se apressou e passou a criticar o levantamento nas redes sociais após saber que ele estava registrado. 

E foram além. Os partidos da coligação “Todos Pelo Maranhão”, ligada ao candidato Flávio Dino, entraram na justiça e tentam, por meio de liminar, barrar a publicação dos números em O Imparcial. Até o fechamento desta matéria, o departamento jurídico do jornal desconhecia qualquer decisão sobre o caso.

Essa é a terceira vez que o PCdoB ou partidos de aliados entram na justiça para evitar a publicação da pesquisa Econométrica/O Imparcial. Na primeira, tentaram barrar, mas o resultado foi publicado e a Justiça decidiu que nada de errado havia com o levantamento.

Data M
O Instituto Data M, pela segunda vez, publicará pesquisa encomendada pelo jornal Atos e Fatos. Os números devem ser divulgados no domingo. Neste ano, o Instituto também divulgou pesquisa encomendada pelo Jornal Pequeno. A amostra está registrada sob o número 31/2014.

A Data M pertence ao jornalista José Machado, ligado ao candidato ao Senado pela coligação do comunista Flávio Dino, o socialista Roberto Rocha. Rocha é proprietário da Rádio Capital e Machado participa da equipe de jornalismo do veículo há alguns anos, sendo, inclusive, apresentador.

Na maioria das pesquisas encomendadas pelo Instituto Data M, Flávio Dino lidera com quase 60% das intenções de voto. Nas redes sociais, eleitores e militantes do candidato comunista já deixam claro a preferência pela publicação da amostra encomendada pelo jornal Atos e Fatos.

Barack Obama é o pior presidente desde a Segunda Guerra Mundial


O presidente Barack Obama é o pior presidente desde a Segunda Guerra Mundial, 33 por cento dos eleitores norte-americanos dizem que em uma Universidade Quinnipiac Nacional Enquete divulgado hoje. Outros 28 por cento escolher o presidente George W. Bush. 

Ronald Reagan é o melhor presidente desde a Segunda Guerra Mundial, 35 por cento dos eleitores dizem, com 18 por cento para Bill Clinton, 15 por cento para John F. Kennedy e 8 por cento para Obama, o Quinnipiac (kwin-uh-pe-ack) independente pesquisa da Universidade encontra . Entre os democratas, 34 por cento dizem que Clinton é o melhor presidente, com 18 por cento cada para Obama e Kennedy. 

Obama tem sido um presidente melhor do que George W. Bush, 39 por cento dos eleitores dizem que, enquanto 40 por cento dizem que ele é pior. Os homens dizem 43-36 por cento que Obama é pior do que Bush, enquanto as mulheres dizem que 42-38 por cento que ele é melhor. Obama é pior, os republicanos dizem 79-7 por cento e os eleitores independentes dizem que 41-31 por cento. Democratas dizem 78-4 por cento que ele é melhor. 

Eleitores dizem por um estreito 37-34 por cento de que Obama é melhor para a economia do que Bush. 

América seria melhor se republicano Mitt Romney havia vencido a eleição presidencial de 2012, 45 por cento dos eleitores dizem que, enquanto 38 por cento dizem que o país estaria bem pior. 

Falta Mitt são republicanos 84-5 por cento e os eleitores independentes 47-33 por cento, enquanto os democratas dizem que 74-10 por cento de que os EUA estariam em pior situação com Romney. 

"Durante o período de 69 anos de história dos Estados Unidos e 12 presidências, o presidente Barack Obama se encontra com o presidente George W. Bush, na parte inferior do barril popularidade", disse Tim Malloy, diretor-assistente da Universidade Quinnipiac Poll. 

"Será que Mitt ter sido um ajuste melhor? Mais eleitores em retrospectiva dizer sim." 

Os eleitores americanos dizem que 54-44 por cento que a administração Obama não é competente condução do governo. O presidente está prestando atenção ao que seu governo está fazendo, 47 por cento dizem que, enquanto 48 por cento dizem que ele não presta atenção suficiente. 

O índice de aprovação do presidente Barack Obama, avançando-se desde um negativo 38-57 por cento em dezembro de 2013, o mais baixo de sempre, está parado em um negativo 40 - 53 por cento. Isso se compara a 42 negativa do presidente - 50 por cento de aprovação emprego em uma pesquisa nacional de 2 de abril. 

Hoje, o presidente recebe pontuação negativa de 10 - 88 por cento dos republicanos, 31 - 59 por cento dos eleitores independentes, 37-57 por cento dos homens e 42 - 49 por cento das mulheres. Democratas aprovar 79-13 por cento. 

O presidente recebe notas misturadas para personagem como eleitores dizem 48-48 por cento que ele é honesto e confiável e 51-47 por cento que ele se preocupa com as suas necessidades e problemas. Ele recebe um 47 negativo - 51 por cento para as qualidades de liderança. 

A economia e os empregos são os problemas mais importantes que o país enfrenta hoje, 35 por cento dos eleitores dizem, com 12 por cento listando políticos / campanhas / corrupção, 6 por cento cada para cuidados de saúde e dos Negócios Estrangeiros, de 5 por cento para o orçamento e 4 por cento cada para a educação e imigração. 

Obama recebe notas negativas para sua manipulação da maioria das questões-chave: 
Negativo 40 - 55 por cento para o manuseamento da economia; 
Negativo 37-57 por cento para a política externa; 
Negativo 40-58 por cento para os cuidados de saúde; 
50-40 por cento para o ambiente; 
Negativo 44-51 por cento para o terrorismo; 
De junho 24-30, Universidade Quinnipiac entrevistou 1.446 eleitores registrados em todo o país, com uma margem de erro de + / - 2,6 pontos percentuais. Entrevistadores Live, ligue para linhas terrestres e telefones celulares. 

A Universidade Quinnipiac Poll, dirigido por Douglas Schwartz, Ph.D., realiza pesquisas de opinião pública na Pensilvânia, New York, New Jersey, Connecticut, Flórida, Ohio, Virginia, Iowa, Colorado e da nação como um serviço público e para a pesquisa. 

Para mais informações, visite http://www.quinnipiac.edu/polling, chamada (203) 582-5201, ou siga-nos no Twitter 

3. Você aprova ou desaprova a forma como Barack Obama está a lidar com o seu trabalho como presidente?

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Tráfico de seres humanos: violação de direitos e ameaça à vida


Nesta quarta-feira (30) é celebrado o Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas. Dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT) apontam que 44% das vítimas do tráfico são alvos de exploração sexual, 32% das pessoas são aliciadas para exploração no trabalho e 25% sofrem com a combinação de ambos os tipos de exploração.
No mundo, o tráfico de seres humanos é a terceira atividade ilícita mais lucrativa, perdendo apenas para o tráfico de armas e drogas. O Brasil possui 241 rotas de tráfico de pessoas, sendo 69 localizadas no Nordeste. No Maranhão, 94 municípios estão vulneráveis ao crime, segundo a Secretaria de Estado de Mulher (Semu).
Diante dessa problemática, o Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) estuda implantar políticas de combate, em parceria com outros órgãos, visando uma atuação mais eficaz que alerte a população sobre os crimes de tráfico de pessoas no estado.

Para a procuradora Virgínia Neves, o tráfico humano está intimamente ligado ao aliciamento para a exploração de mão de obra escrava. “Com relação às denúncias de tráfico de pessoas e de exploração sexual no Maranhão, as informações ainda são poucas. O MPT precisa está atento e irá buscar mecanismos que ajudem a coibir essa prática criminosa”, disse.
Você sabia?
As mulheres são o principal alvo do tráfico internacional de seres humanos. A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que, só na Europa, 500 mil mulheres sejam traficadas a cada ano. As brasileiras engrossam as estatísticas no velho continente e somam 75 mil, o equivalente a 15% das vítimas.
A pobreza e falta de oportunidades são apontadas pela Organização Internacional para Migração (OIM) como um estímulo à expansão do tráfico de seres humanos no mundo.
Segundo a OIT, a cada ano cerca de um milhão de crianças são exploradas sexualmente no mundo, pelo tráfico, pelo abuso sexual, pela prostituição e pornografia infantil, o que comprova a existência de uma indústria.
Denúncias de casos de tráfico de pessoas podem ser feitas pelo Disque 100.
Mais informações podem ser conferidas no site: portal.mj.gov.br/traficodepessoas.

Embratur divulga nota para desmentir ataques à gestão de Flávio Dino


flavio-dino embratur

A Embratur, órgão do governo federal que promove turismo brasileiro no exterior, divulgou nota hoje (29/jul) desmentindo denúncias contra a gestão de Flávio Dino à frente da instituição. Flávio foi presidente da Embratur de junho de 2011 a março de 2014, durante o governo Dilma Rousseff.
A Embratur afirma que “tem verificado que seu nome está sendo utilizado indevidamente no processo eleitoral do ano em curso”. E informa que a Procuradoria Federal da Embratur está “apurando as ocorrências para tomar as providências cabíveis, a fim de resguardar a imagem institucional do órgão”.
Leia a seguir a nota na íntegra:
A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) tem verificado que seu nome está sendo utilizado indevidamente no processo eleitoral do ano em curso. Sendo assim, informa que a Procuradoria Federal do Instituto está apurando as ocorrências para tomar as providências cabíveis, a fim de resguardar a imagem institucional do órgão.
Informa, também, que não há qualquer irregularidade nas contas da Embratur, que constam como aprovadas pela CGU (Controladoria Geral da União), bem como pelos demais órgãos de controle da União.
A respeito do Contrato nº 12/2009 com a empresa CPM Braxis, a Embratur destaca que a renovação do contrato realizada em 2012 foi precedida de pesquisa de preços de mercado e de análises técnica e jurídica favoráveis.
Blog do Garrone

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Em dois anos e meio, Cruz Vermelha faturou R$ 122 milhões do governo Roseana

cruz vermelha desvioBlog do Garrone
Envolvida em um escândalo internacional por desviar doações para as vítimas de conflitos na Somália, do tsunami no Japão e das enchentes na região serrana do Rio de Janeiro em 2011, a Cruz Vermelha Brasileira filial do Maranhão reinou no governo do Maranhão entre os anos de 2009 e 2011, e faturou no período R$ 122.234.568,73.
Ricardo Murad: contratos milionários com a Cruz Vermeha
Ricardo Murad: contratos milionários com a Cruz Vermeha
Lembrando que os contratos de 2009 foram celebrados depois do golpe judicial que usurpou o governo de Jackson Lago, no mês de abril. Neste ano, a entidade faturou R$ 19.130.327,19.
O ano de glória, no entando, foi em 2010 com faturamento de R$ 82.406.633,82. No ano seguinte o arrecadado foi de R$ 20.697.607,72.
A maioria dos contratos foram (veja abaixo) para administrar e prestar serviços médicos em unidades de saúde em São Luís.
Mas não foi só para Ricardo Murad que ela prestou atendimento. Em 2009 a Cruz Vermelha recebeu R$ 147.300,00 da Secretaria de Desenvolvimento Social, comandada à época pelo deputado federal Costa Ferreira.
No mesmo ano e no seguinte, 2010, a entidade ainda teve dois contratos no valor total de R$ 3.2666.649,40 com a Secretaria do Trabalho e Economia Solidária, comandada até abril de 2014, por José Antônio Heluy, do PT.
O curioso é que as notas de empenho desses contratos não estão disponíveis no Portal da Transparência, onde é especificado o tipo de serviço que é pago.
Aliás, em 2009 não há disponível nenhuma nota de empenho dos contratos até mesmo com a Saúde.
José Antônio Heluy: R$ 3,2 milhões em contratos com a Cruz Vermelha em 2009 e 2010
José Antônio Heluy: R$ 3,2 milhões em contratos com a Cruz Vermelha em 2009 e 2010
Os empenhos só aparecem em 2010, com exceção do executado na Secretaria do Trabalho.
É por eles, por exemplo, que se sabe que dos R$ 6.414.960,35 do contrato com a unidade central do Fundo Estadual de Saúde em 2010, R$ 5.400.807,75 foram para a execução das ações estratégicas de apoio a gestão da assistência ao idoso, no Hospital Carlos Macieira.
Em 2011 a entidade começou a se desentender com Ricardo Murad, e em 2012 não teve nenhum contrato assinado.
Para tristeza dos idosos do Carlos Macieira…
Veja os valores pagos por cada “serviço”
2009
Total : R$ 19.130.327,19
FES-CENTRO SAÚDE GENESIO REGO-VILA PALMEIRA R$ 777.254,71
FES-HOSPITAL AQUILES LISBOA R$ 858.000,00
FES-HOSPITAL INFANTIL JUVÊNCIO MATOS R$ 1.650.000,00
FES-HOSPITAL NINA RODRIGUES R$ 1.190.000,00
FES-UNIDADE CENTRAL R$ 1.800.269,25
SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE R$ 12.089.273,23
SECRETARIA DE ESTADO DESENVOLVIMENTO SOCIAL R$ 147.300,00
SECRETARIA DO TRABALHO E ECONOMIA SOLIDARIA R$ 618.230,00
2010
Total: R$ 82.406.633,82
FES-CENTRO SAÚDE GENESIO REGO- R$ 5.439.302,47
FES-HOSPITAL AQUILES LISBOA R$ 4.801.025,51
FES-HOSPITAL INFANTIL JUVÊNCIO MATOS R$ 11.881.794,84
FES-HOSPITAL NINA RODRIGUES R$ 12.182.640,99
FES-MATERNIDADE MARLY SARNEY R$ 7.839.125,00
FES-UNIDADE CENTRAL R$ 6.414.960,35
SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE R$ 31.199.365,26
SECRETARIA DO TRABALHO E ECONOMIA SOLIDARIA R$ 2.648.419,40
2011
Total: R$ 20.697.607,72
FES-UNIDADE CENTRAL R$ 15.502.971,11
SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE R$ 5.194.636,61

domingo, 27 de julho de 2014

Bomba, Bomba e Bomba! Sarney Filho vai ficar sem mandato


Por Luís  Pablo
Os dois únicos candidatos à deputado federal pelo Partido Verde (PV) no Maranhão, parlamentares Sarney Filho e Victor Mendes, poderão não disputar a eleição agora em 2014.
Sarney Filho preocupado com o desemprego à vista
Sarney Filho preocupado com o desemprego à vista
Ocorre, que na entrega da ata ao Tribunal Regional Eleitoral, houve um equívoco no registro da chapa majoritária do partido.

O candidato ao Senado Federal pelo PV, Washington Rio Branco, registrou sua candidatura separado. E na ata levou os dois postulantes a Câmara Alta do país pelo Maranhão. Sendo assim, o partido ficou coligado ao “chapão” apenas para deputado estadual. E nada mais.
Com dois candidatos, o PV terá que fazer 360 mil votos para eleger Sarney Filho e Victor Mendes. E o que é pior: os dois juntos não atingem a 180 mil votos (números exigidos para eleger apenas um).
Victor Mendes já avisou que vai desistir da candidatura. O que torna mais complicada a situação do irmão da governadora Roseana Sarney.
Por conta disso, Sarney Filho já contratou as melhores bancadas advocatícias para tentar reverter a sua difícil situação. E no TRE ninguém acredita na mudança da Lei; até porque viraria uma piada só para atender o filho do senador José Sarney.
Depois de exercer dois mandatos de deputado estadual, cinco de federal e ocupar o Ministério do Meio Ambiente no Governo FHC (Fernando Henrique Cardoso), Sarney Filho será mais um membro da família desempregado a partir de 2015.

Rubens Júnior também sofre acidente na estrada; uma pessoa morre

Rubens-Pereira-Junior2O deputado estadual Rubens Pereira Jr. (PCdoB), candidato a deputado federal, envolveu-se há pouco em um acidente com vítima na BR-316, nas proximidades de Caxias.
O carro em que ele se encontrava trafegava pela BR, quando, segundo o parlamentar, um homem dirigindo um Palio saiu da MA-127, de acesso a São João do Sóter, sem perceber a chegada do veículo.
“O meu motorista tentou tirar tudo, mas não foi possível”, declarou.
O condutor do Palio estava sem cinto de segurança e, com o impacto, ele sacou do carro morrendo na hora.
Rubens Jr. pessoalmente acionou as polícias Militar e Rodoviária Federal e, após a chegada das autoridades, foi a um hospital de Caxias, por precaução.
“Eu estou bem, todos que estavam no meu carro estão bem. Houve perda total dos dois veículos, mas isso é o de menos agora. Minha preocupação maior é com a família desse rapaz, que saiu vivo de casa e morreu tragicamente”, completou.
Esse é o segundo acidente com candidatos em praticamente de 12 horas. Na noite de ontem (26) a deputada estadual Eliziane Gama escapou por pouco de um grave acidente no município de Buriti Bravo.
Ela estava com o motorista e dois assessores, quando o veículo caiu numa ribanceira, dentro de um riacho. Gama também é candidata a deputada federal nas eleições deste ano.
Blog marrapá

Eliziane Gama sofre acidente na estrada, mas passa bem


Blog marrapá
carro-eliziane-gama
 
 
Em campanha pelo interior do Maranhão, a deputada estadual Eliziane Gama (PPS), candidata a deputada federal pela coligação “Todos Pelo Maranhão”, sofreu um acidente na noite deste sábado (26) entre os municípios de Passagem Franca e Colinas.
Segundo as primeiras informações, o condutor teria perdido o controle em uma curva e o veículo caiu em uma ribanceira, dentro de um lago. 
Eliziane Gama saiu ilesa do acidente. O motorista e três assessores sofreram escoriações e o carro ficou totalmente destruído.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Colinas socorreu todas as vítimas.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Nem Odorico Paraguaçu chegaria a tanto…

90082post_foto
POR MARRAPÁ
No último sábado, em discurso no município de Sucupira do Norte, o candidato sarneyzista a governador teve um arroubo de mitomania que deixaria o personagem Odorico Paraguaçu, prefeito da Sucupira do escritor Dias Gomes, corado de tanta vergonha.
No mesmo dia em que se declarou envergonhado por causa das promessas não-cumpridas pela aliada Roseana Sarney e pelo próprio pai, Edison Lobão, que governou o Maranhão entre 1990 e 1994,  Edinho Lobão disse ter enviado R$ 4 bilhões para o estado.
Em busca rápida na página do Senado Federal, os números encontrados divergem dos que foram anunciados por Edinho.
Consta no site que o suplente de senador destinou pouco menos de R$ 70 milhões em emendas, inclusive para o Polo Sul, durante o exercício da atual legislatura.
Veja a declaração fantasiosa do peemedebista no vídeo abaixo:

Homem tem a cabeça arrancada pelo trem da vale em Porto Franco MA

'Alírio' teve a cabeça arrancada do corpo
‘Alírio’ teve a cabeça arrancada do corpo
Um homem, identificado apenas como ‘Alírio’, de 43 anos, morreu na tarde quarta-feira (23) num trecho da Ferrovia Norte Sul no bairro Carmelina na cidade de Porto Franco, sul do Maranhão.
Ele foi atropelado pelo trem da Vale e teve a cabeça arrancada do corpo nos trilhos. De acordo com informações de funcionários da linha férrea, a vítima teria se jogado na linha pondo a cabeça sobre os trilhos.
Moradores que vivem nas proximidades do local onde aconteceu a tragédia contam que Alírio vivia sozinha e aparentava ter problemas psiquiátricos.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Morre aos 87 anos o escritor Ariano Suassuna

Morre o escritor Ariano Suassuna aos 87 anos

A imortalidade parecia não bastar para Ariano Suassuna, também interessado na onipresença – membro da Academia Brasileira de Letras desde 1990, que lhe garantia a simbólica perenidade, o escritor paraibano cruzava o Brasil com suas famosas aulas espetáculos, encontros disputadíssimos em que ele relembrava fatos, comentava sobre a atualidade, discorria sobre literatura. Ele morreu nesta quarta-feira, 23, aos 87 anos, de parada cardíaca. Ele estava internado desde segunda-feira, 21, no Real Hospital Português do Recife, após sofrer um AVC.
Na verdade, Suassuna está fundamentalmente enraizado na cultura brasileira, defendendo-a com clamor, mas também com rigor, separando o joio do trigo. “Um país que tem Os Sertões pode ser dominado politicamente, pode ser aviltado, mas estará sempre a salvo”, disse, certa vez, reafirmando a defesa de uma causa que lhe garantiu acusações de xenofobia, especialmente quando investia contra o que considerava lixo cultural imposto por nações como os EUA. Ele dava de ombros: “Sou velho mas tenho muita energia. Quem quiser duelar comigo, que venha preparado”.
Homem obstinado – não media esforços para traduzir em palavras e imagens a grandeza de seu universo tão particular, de onde saíram personagens e tramas fantásticas – em todas as acepções da palavra. Ariano Vilar Suassuna nasceu em João Pessoa, na Paraíba, em 16 de junho de 1927. Com 3 anos, seu pai, João Suassuna, foi assassinado por motivos políticos, no Rio, e a família foi obrigada a se mudar para o interior do Ceará. Lá, Ariano fez seus primeiros estudos e assistiu pela primeira vez a uma peça de mamulengos e a um desafio de viola, cujo caráter de “improvisação” seria uma das marcas registradas também da sua produção teatral.
Na literatura, estreou em 1947, com Uma Mulher Vestida de Sol, mas foi com Auto da Compadecida (1955) que se tornou nacionalmente conhecido. A peça nasceu da fusão de três folhetos de cordel: O Enterro do Cachorro, O Cavalo Que Defecava Dinheiro e O Castigo da Soberba. Conta com 16 personagens e exibe conexões com o teatro medieval, especialmente com Calderón de La Barca.
Tal mescla se tornou uma de suas principais características. A sátira social marca O Casamento Suspeitoso, de 1957, a menos rural das peças de Suassuna, não apenas pelo tema como pela estrutura. Com O Santo e a Porca, também do mesmo ano, Suassuna criou personagens pertencentes às famílias constituídas e a temática em ambas é centrada no interesse pelo dinheiro associado ao matrimônio.
Na verdade, os personagens retomam a tradição do teatro popular, “a dupla circense que o povo, com seu instinto certeiro, batizou admiravelmente de o Palhaço e o Besta”, como disse ele, certa vez. Outros elementos típicos da cultura brasileira que ali aparecem são o bumba meu boi e a propaganda popular nordestina. Suassuna ainda evocava os empregados espertos e independentes de Molière e da Commedia dell'Arte.
A mistura de elementos aparentemente tão díspares confere um tom singular à obra, pois Suassuna exibe uma sociedade voltada para o esnobismo e a difamação – assim, a simpatia do público é naturalmente dirigida aos que se opõem a essa sociedade ou dela são excluídos.
“Meu teatro procura se aproximar da parte do mundo que me foi dada”, disse. “Um mundo de sol e de poeira, como o que conheci em minha infância, com atores ambulantes ou bonecos de mamulengo representando gente comum e, às vezes, representando atores, com cangaceiros, santos, poderosos, assassinos, ladrões, palhaços, prostitutas, juízes, avarentos, luxuriosos, medíocres, homens e mulheres de bem – enfim, um mundo de que não estejam ausentes – senão no teatro, que não é disso, mas na poesia ou na novela – nem mesmo os seres da vida mais humilde, as pastagens, o gado, as pedras, todo esse conjunto de que o sertão está povoado.”
Ariano também foi o idealizador do Movimento Armorial, que tem como objetivo criar uma arte erudita com os elementos da cultura popular do Nordeste brasileiro. Tal movimento procura orientar para esse fim todas as formas de expressões artísticas: música, dança, literatura, artes plásticas, teatro, cinema, arquitetura, entre outras.
Dos seus textos narrativos, o mais marcante foi O Romance d'A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta, publicado em 1971. Inspirado em um episódio ocorrido no século 19, no interior de Pernambuco, o livro acompanha Quaderna, personagem que é preso na cidade de Taperoá por subversão.
Ele faz a própria defesa diante do corregedor e, para tanto, relata a história de sua família, escrita na prisão. Declara-se descendente de legítimos reis brasileiros, castanhos e “cabras” da Pedra do Reino – sem relação com os “imperadores estrangeiros e falsificados da Casa de Bragança” – e conta o seu envolvimento com as lutas e as desavenças políticas, literárias e filosóficas no seu reino.
Um “romance-memorial-poema-folhetim”, como definiu Carlos Drummond de Andrade, o livro é considerado um monumento literário à cultura caboclo-sertaneja nordestina, marcada pelas tradições do mundo ibérico.
A imortalidade parecia não bastar para Ariano Suassuna, também interessado na onipresença – membro da Academia Brasileira de Letras desde 1990, que lhe garantia a simbólica perenidade, o escritor paraibano cruzava o Brasil com suas famosas aulas espetáculos, encontros disputadíssimos em que ele relembrava fatos, comentava sobre a atualidade, discorria sobre literatura. Ele morreu nesta quarta-feira, 23, aos 87 anos, de parada cardíaca. Ele estava internado desde segunda-feira, 21, no Real Hospital Português do Recife, após sofrer um AVC.
Na verdade, Suassuna está fundamentalmente enraizado na cultura brasileira, defendendo-a com clamor, mas também com rigor, separando o joio do trigo. “Um país que tem Os Sertões pode ser dominado politicamente, pode ser aviltado, mas estará sempre a salvo”, disse, certa vez, reafirmando a defesa de uma causa que lhe garantiu acusações de xenofobia, especialmente quando investia contra o que considerava lixo cultural imposto por nações como os EUA. Ele dava de ombros: “Sou velho mas tenho muita energia. Quem quiser duelar comigo, que venha preparado”.
Homem obstinado – não media esforços para traduzir em palavras e imagens a grandeza de seu universo tão particular, de onde saíram personagens e tramas fantásticas – em todas as acepções da palavra. Ariano Vilar Suassuna nasceu em João Pessoa, na Paraíba, em 16 de junho de 1927. Com 3 anos, seu pai, João Suassuna, foi assassinado por motivos políticos, no Rio, e a família foi obrigada a se mudar para o interior do Ceará. Lá, Ariano fez seus primeiros estudos e assistiu pela primeira vez a uma peça de mamulengos e a um desafio de viola, cujo caráter de “improvisação” seria uma das marcas registradas também da sua produção teatral.
Na literatura, estreou em 1947, com Uma Mulher Vestida de Sol, mas foi com Auto da Compadecida (1955) que se tornou nacionalmente conhecido. A peça nasceu da fusão de três folhetos de cordel: O Enterro do Cachorro, O Cavalo Que Defecava Dinheiro e O Castigo da Soberba. Conta com 16 personagens e exibe conexões com o teatro medieval, especialmente com Calderón de La Barca.
Tal mescla se tornou uma de suas principais características. A sátira social marca O Casamento Suspeitoso, de 1957, a menos rural das peças de Suassuna, não apenas pelo tema como pela estrutura. Com O Santo e a Porca, também do mesmo ano, Suassuna criou personagens pertencentes às famílias constituídas e a temática em ambas é centrada no interesse pelo dinheiro associado ao matrimônio.
Na verdade, os personagens retomam a tradição do teatro popular, “a dupla circense que o povo, com seu instinto certeiro, batizou admiravelmente de o Palhaço e o Besta”, como disse ele, certa vez. Outros elementos típicos da cultura brasileira que ali aparecem são o bumba meu boi e a propaganda popular nordestina. Suassuna ainda evocava os empregados espertos e independentes de Molière e da Commedia dell'Arte.
A mistura de elementos aparentemente tão díspares confere um tom singular à obra, pois Suassuna exibe uma sociedade voltada para o esnobismo e a difamação – assim, a simpatia do público é naturalmente dirigida aos que se opõem a essa sociedade ou dela são excluídos.
“Meu teatro procura se aproximar da parte do mundo que me foi dada”, disse. “Um mundo de sol e de poeira, como o que conheci em minha infância, com atores ambulantes ou bonecos de mamulengo representando gente comum e, às vezes, representando atores, com cangaceiros, santos, poderosos, assassinos, ladrões, palhaços, prostitutas, juízes, avarentos, luxuriosos, medíocres, homens e mulheres de bem – enfim, um mundo de que não estejam ausentes – senão no teatro, que não é disso, mas na poesia ou na novela – nem mesmo os seres da vida mais humilde, as pastagens, o gado, as pedras, todo esse conjunto de que o sertão está povoado.”
Ariano também foi o idealizador do Movimento Armorial, que tem como objetivo criar uma arte erudita com os elementos da cultura popular do Nordeste brasileiro. Tal movimento procura orientar para esse fim todas as formas de expressões artísticas: música, dança, literatura, artes plásticas, teatro, cinema, arquitetura, entre outras.
Dos seus textos narrativos, o mais marcante foi O Romance d'A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta, publicado em 1971. Inspirado em um episódio ocorrido no século 19, no interior de Pernambuco, o livro acompanha Quaderna, personagem que é preso na cidade de Taperoá por subversão.
Ele faz a própria defesa diante do corregedor e, para tanto, relata a história de sua família, escrita na prisão. Declara-se descendente de legítimos reis brasileiros, castanhos e “cabras” da Pedra do Reino – sem relação com os “imperadores estrangeiros e falsificados da Casa de Bragança” – e conta o seu envolvimento com as lutas e as desavenças políticas, literárias e filosóficas no seu reino.
Um “romance-memorial-poema-folhetim”, como definiu Carlos Drummond de Andrade, o livro é considerado um monumento literário à cultura caboclo-sertaneja nordestina, marcada pelas tradições do mundo ibérico.

http://estadao.br.msn.com/


TRE-MA aprova resoluções para acelerar julgamentos de candidaturas

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) decidiu, por meio da aprovação das resoluções 8.556 e 8.557, em sessão administrativa realizada nessa terça-feira (22), que os julgamentos dos registros de candidaturas serão feitos de forma monocrática pelos relatores dos processos e não por meio de votação do pleno do tribunal.
De acordo com o desembargador eleitoral Eduardo Moreira, a medida tem o objetivo de acelerar os julgamentos. "Isto vai dar uma celeridade enorme e, sem dúvida, o Maranhão deverá ser o primeiro estado a cumprir a determinação do Tribunal Superior Eleitoral", garante Moreira.
A resolução 8.556 altera o artigo 56 do Regimento Interno do TRE-MA, acrescentando ao o inciso XX o seguinte: "deferir, monocraticamente, registro de candidatura e aprovar, desde que sem ressalvas, a prestação de contas de campanha, durante o período eleitoral, se e somente se houver parecer favorável do Ministério Público Eleitoral".
Já a resolução 8.557 determina que cada relator deve divulgar, em um mural nas dependências do TRE-MA, a relação que irá julgar dos requerimentos de registros de candidaturas para as eleições deste ano, de acordo com os artigos 44 a 54 da Resolução TSE nº 23.405/2014.
Todos os pedidos de registros apresentados até o dia 5 de julho, inclusive os impugnados, devem ser julgados e ter as decisões publicadas até o dia 5 de agosto.
Entenda
De acordo com o TRE-MA, agora, o relator poderá deferir monocraticamente o requerimento de registro de candidatura sem impugnação ou sem notícia de inelegibilidade desde que haja parecer favorável ao deferimento da candidatura emitido pelo Ministério Público Eleitoral. Além disso, o relator poderá homologar a renúncia de candidatura.

As decisões serão publicadas em sessão de julgamento, passando a correr dessa data o prazo para a interposição dos recursos cabíveis. O Ministério Público Eleitoral será pessoalmente intimado da decisão monocrática em sessão de julgamento.
G1

terça-feira, 22 de julho de 2014

APROVADO REGIMENTO DO CONSELHO PENITENCIÁRIO NO MA

:
Em reunião com representantes do Comitê Gestor de Ações Integradas, foi aprovado o Regimento do Conselho Penitenciário, ratificado por MP assinada pela governadora Roseana Sarney (PMDB). 
Desde a criação do Comitê, instalado pelo Governo do Maranhão em conjunto com o Ministério da Justiça e os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário foi aprovado o Regimento do Conselho Penitenciário, muitos avanços foram alcançados na melhoria do sistema penitenciário, a exemplo da nomeação de 101 novos agentes penitenciários aprovados em concurso público; a implantação de um plano integrado de inteligência prisional; a construção de nove novas unidades prisionais; a reforma e ampliação de outros três presídios; a implantação de alternativas penais, como a revisão de penas alternativas e monitoramento eletrônico; a realização de mutirões periódicos da Defensoria Pública com o apoio do TJ e do MP.
Até o final deste ano, serão abertas, em todo o Maranhão, mais de 2.200 novas vagas com construções, reformas e ampliações de presídios. Além disso, entrará em funcionamento na Região Metropolitana, até meados de agosto, o Sistema de Monitoramento Eletrônico, que disponibilizará, de imediato, 400 tornozeleiras ao Poder Judiciário, fruto do convênio com o MJ por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen). A meta é ampliar esse quantitativo para 1 mil unidades.
Em decorrência da crise no sistema carcerário, foi prorrogada por mais dois meses a permanência da Força Nacional do Maranhão.
Leia, abaixo, a matéria do 247 publicada, neste terça-feira (21):
O governo federal decidiu que a Força Nacional continuará até o dia 30 de setembro no Maranhão. Os militares trabalham no apoio a revistas, atendimento a ocorrências de alta complexidade nas unidades do Complexo Penitenciário de Pedrinhas e rondas noturnas no local. O sistema carcerário do estado está crise. Só em 2014, foram 16 mortos – 12 em Pedrinhas, e 60 no ano passado.
A Força Nacional está no complexo desde outubro do ano passado. Os policiais chegaram a São Luís após uma rebelião que nove mortos e pelo menos 20 detentos ficaram feridos, o que levou o governo maranhense a decretar estado de emergência.
Um dos principais problemas do sistema carcerário maranhense é a superlotação. De acordo com o Executivo estadual, o estado possui 6.531 presos, sendo que 5.118 estão em prisões e 1.413 em delegacias. No entanto, o déficit de vagas no Maranhão é superior a três mil.
 Portal 247

Rejeição a Edinho Lobão chega a 40% e dificulta campanha sarneysista

rejeicao tv guara exata julho
O dado que mais chama a atenção dos analistas políticos do Maranhão é a enorme rejeição do candidato da família Sarney, Edinho Lobão, que chega a inacreditáveis 40% na pesquisa realizada pela TV Guará.
O aumento de pessoas que dizem que não votariam “de jeito nenhum” em Edinho Lobão revela a fragilidade da candidatura de Edinho, que sofre por diversos escândalos deflagrados nos últimos dias.
O mais impressionante deles foi a revelação de que o candidato apoiado por Roseana Sarney e José Sarney recebe da secretaria de Ricardo Murad nada menos que R$ 30 mil por mês para realizar tratamento de pessoas com câncer. No entanto, o local é nada mais que uma clínica fantasma.
O contrato celebrado entre Edinho Lobão e Ricardo Murad, ao invés de ajudar os pacientes, serve apenas para encher os bolsos do suplente de senador que ocupa a cadeira do pai. Além deste caso, este blog revelou com exclusividade que Edinho foi condenado a 1 ano e 4 meses de prisão por manter uma TV pirata. Edinho também foi condenado à prisão em outro processo por não repassar encargos trabalhistas.
Os casos escandalosos podem ter sido o motivo para tamanha rejeição a um candidato que nunca disputou uma eleição.
Veja abaixo o número referente a todos os candidatos.
Rejeição
Edinho Lobão (PMDB) – 40%
Luís Pedrosa (PSOL) – 16%
Flávio Dino (PCdoB) – 16%
Josivaldo Corrêa – 16%
Saulo Arcangeli (PSTU) – 14%
Zé Luís Lago (PPL) – 14%
Observação: Na entrevista, o eleitor poderia rejeitar mais de um candidato, possibilitando a soma maior que 100%. A pesquisa tem margem de erro de 3,2%; para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral com o número MA-00022/2014.


Read more http://marrapa.com/